PAUL PERCY HARRIS,O FUNDADOR DO ROTARY INTERNATIONAL

Paul Percy Harris nasceu em 19 de abril de 1868 em Racine, Wisconsin, nos Estados Unidos, ao norte de Chicago. Foi o segundo dos 6 filhos de George N. Harris e Cornelia Bryan Harris. Por problemas financeiros, aos dois anos foi morar, juntamente com seu irmão Cecil, então com 5 anos, com seus avós paternos Howard e Pamela Harris, na cidade de Wallingford, no Estado de Vermont, nos Estados Unidos.

Foi aí que praticamente começou o direcionamento da vida de Paul Harris, como ele mesmo recorda em suas memórias "Meu Caminho para Rotary": “ Eu tive o privilégio de viver em um lar estável, onde não faltava nada e nada era excessivo; onde os ideais eram os mais elevados e a educação era o objetivo supremo.” Esta visão em direção à educação o levou às Universidades de Iowa, onde se formou advogado e obteve o título de doutor honorário na Universidade de Vermont.

Ao receber o seu diploma, Paul decidiu que passaria cinco anos conhecendo o mundo antes de se dedicar à sua nova profissão de advogado. Foi neste tempo que trabalhou como repórter de jornal, professor de economia, ator de teatro e cowboy. Fez também inúmeras viagens pelos Estados Unidos e Europa como representante de uma companhia de mármores e granitos.

Finalmente, em 1896 decidiu advogar em Chicago. O ambiente da cidade era difícil, com muita imoralidade, Incêndios fraudulentos, e falências, melhorando em 1900 com o fechamento das casas de jogos e tavernas, com a Promulgação da Lei Federal de Falências e a segregação da prostituição. Foi advogado durante 32 anos, membro do Colégio de Advogados do Estado de Illinois, do Colégio Americano de Advogados e Presidente da Comissão de Ética Profissional do Colégio de Advogados de Chicago. Em um dia no outono de 1900, Paul P. Harris se encontrou com o advogado Bob Frank para jantar em um luxuoso bairro no norte de Chicago. Eles saíram para uma caminhada parando em algumas lojas no caminho. Harris ficou impressionado com a maneira como Frank tinha feito amizades com muitos dos vendedores.

Desde que se mudara para Chicago para abrir seu escritório de advocacia, Harris não havia encontrado a mesma Camaradagem que Frank tinha com seus colegas empresários, e naquele momento começou a pensar em como encontrar esse tipo de companheirismo que o lembrava da cidade em que ele havia crescido na Nova Inglaterra. Em 23 de fevereiro de 1905 Paul Harris, juntamente com outros três homens de negócios: Silvester Schiele, comerciante de carvão, Gustavus Loehr, engenheiro de minas e Hiram Shorey, alfaiate, reuniram-se no Edifício Unity, na N orth Deaborn Street, 127, 7º andar formando o primeiro clube. O primeiro Presidente foi Silvester Schiele. O clube recebeu o nome de “Rotary” devido ao fato de que seus sócios se reuniam em rodízio nos respectivos locais de trabalho, em um sistema de rodízio. Seu quadro associativo cresceu rapidamente. Em 1907 surgiu o primeiro projeto comunitário: a instalação do primeiro sanitário público da cidade de Chicago, localizado perto da Prefeitura.

Em 1910 foi realizada a primeira Convenção, congregando se os clubes na Associação Nacional de Rotary Clubs. Paul Harris foi eleito Presidente da Associação. Nessa Convenção, por proposição de Arthur Frederik Scheldon, professor de marketing, foi adotado o lema: “mais se beneficia quem melhor serve seus companheiros”. Paul conheceu a sua futura esposa Jean Thompson em 1910 durante um passeio organizado pelo Prairie Club of Chicago, um grupo de amadores de atividades ao ar livre que ele ajudou a formar. Paul e Jean casaram-se em julho Daquele mesmo ano e dois anos mais tarde Paul construiu uma casa com vista para o campo onde eles se encontra ram pela primeira vez. A casa recebeu o nome de Comely Bank, o mesmo nome da rua onde Jean morou em sua infância, em Edimburgo, na Escócia. Paul e Jean não tiveram filhos.

Na 2ª Convenção, em Portland, Oregon, no ano de 1911, Paulo foi reeleito, dedicando-se ao desenvolvimento e expansão. Aprovou-se a proposta de Benjamin Franklin Collins, adotando-se o lema: “Servir, porém não a si próprio. Somente 40 anos depois, na Convenção de 1950, em Detroit, Michigan, EUA, foram oficialmente designados os lemas: “Mais se beneficia quem melhor serve” e “Dar de si antes de pensar em si”. O primeiro Rotary Club fora dos Estados Unidos foi fundado em 1911 em Winnipeg, Manitoba, Canadá. Nesse ano Nasceu a “The National Rotarian” publicação precursora da revista "The Rotarian".

Na Convenção de Duluth, Minnesota, em 1912, o nome foi mudado para Associação Internacional de Rotary Clubes, e encurtado em1922 para Rotary International.

Os Harris viajaram pelo mundo promovendo Rotary, sempre reconhecido como personalidade mundial, destacada, tendo recebido inúmeras condecorações. No Brasil, em 1942, recebeu do Presidente Getúlio Vargas, a “Ordem do Cruzeiro do Sul.

Paul faleceu em Comely Bank em 27 de janeiro de 1947 com 79 anos e foi enterrado no cemitério Mount Hope, nos arredores de Blue Island, perto da sepultura de seu velho amigo Silvester Schiele. Após a morte de Paul, Jean retornou à Escócia, sua terra natal, onde faleceu em 1963, com 82 anos. Em "Meu Caminho para Rotary", Paul atribui os valores nele incutidos por seus avós e vizinhos, a base que o levou à concepção de Rotary:

O Rotary nasceu do espírito de tolerância, boa fé e serviço, qualidades Características de meus familiares e companheiros de infância na Nova Inglaterra. Tenho tentado transmitir minha fé nesses valores a outros Seres humanos, com a mesma intensidade com que ela brilha dentro de mim”.


Notícias distritais

Diretor do Protocolo é tema de encontro em Maracaí

Visando esclarecer com detalhes a função do Diretor do Protocolo num Rotary Club, o jornalista Márcio Cavalca Medeiros, associado do Rotary Club de Marília-Pioneiro, no Distrito 4510 do Rotary International, esteve na cidade de Maracaí, nas dependências da Câmara Municipal, quando clubes rotários local e das cidades de Assis, Palmital, Cândido Mota, Tarumã e Paraguaçu Paulista, estiveram presentes para a exposição do assunto considerado controverso dentro do Conselho Diretor dos clubes. “Um cargo que é vítima de culturas diferentes de diversos países”, disse o rotariano que tem visitado clubes e distritos rotários brasileiros expondo diversos temas rotários. “Uma função importante do ponto de vista organizacional nas reuniões semanais”, acrescentou o jornalista, que estará nas cidades de Marília, Presidente Prudente, Piratininga e Tupi Paulista apresentando o tema. Utilizando a metodologia apresentada pelo Instituto de Liderança Rotária (IRL), o encontro contou com a participação ativa dos participantes que fizeram inúmeras perguntas pertinentes ao comportamento e as regras protocolares. “É importante rever conceitos e comportamentos, afinal, a função do Diretor do Protocolo é mais organizacional do que expositiva”, falou Márcio Cavalca Medeiros ao lembrar do fato de que o Rotary International não editou nenhum manual específico sobre o cargo. “O que existem são publicações de rotarianos sugerindo determinados comportamentos, que não estão normatizados pela organização mundial”, falou ao indicar algumas orientações dentro do Manual do Presidente do clube. De acordo com Márcio Cavalca Medeiros a função do Diretor do Protocolo é de fundamental importância para o trabalho da Imagem Pública. “Ele é o pivô de todo o processo”, disse o rotariano que ocupa o cargo de Coordenador da Imagem Pública do Rotary, para as zonas 22A e 23A do Brasil. “Ele é necessário para que as reuniões sejam atrativas, interessantes, animadas, divertidas, objetivas e principalmente sem problemas estruturais com local, som, imagem e demais recursos eletrônicos”, enumerou o rotariano ao lembrar que o Diretor do Protocolo não conduz a reunião. “Essa função é do Presidente ou do Governador”, comentou o dirigente rotário que percebe surpresas por parte dos rotarianos que desconhecem por completo a função específica do cargo, cujo o perfil é controverso. “Normalmente se coloca uma pessoa que fala de mais, e isso, normalmente prejudica a performance da reunião”, avisou. Dentro do contexto rotário brasileiro, Márcio Cavalca Medeiros lembra que se deve utilizar detalhes sobre as leis federais que regem comportamentos sobre a utilização dos hinos, das bandeiras, das procedências de autoridades, e em outros, detalhes culturais e hábitos de cada região do Brasil. “O importante é fazer o que é certo, em ordem, respeitoso e mostrar para o público em geral ordem e respeito, sem se esquecer das normas e regras rotárias”, comentou ao considerar difícil a adaptação repentina. “Isso requer tempo, desprendimento e muita compreensão dos mais antigos, afinal, existe toda uma tradição local que cerca esse comportamento protocolar nas reuniões”, comentou o dirigente que já observa mudanças em alguns clubes e distritos rotários brasileiros. “O Manual do Presidente do Clube ajuda muito, afinal, ali constam: roteiro, calendário, cronograma, sugestões e, ainda, certos assuntos que são fundamentais para conduzir a reunião”, sugeriu. “Inclusive a função do Diretor do Protocolo”, acrescentou. #Eficaz Comunicação Empresarial Ltda – MEE-mails: redacao@eficaz.jor.br ou atendimento@eficaz.jor.br

Postado em 20 de Setembro de 2017 por

Instituto Rotary do Brasil - Inscrição promocional prorrogada

Devido ao sucesso do Instituto Rotary do Brasil em Atibaia e as mais de 500 inscrições já confirmadas para Fortaleza, a comissão organizadora decidiu prorrogar o valor promocional de R$ 400,00 para o titular e R$ 200,00 para acompanhante com pagamento à vista pelo site www.institutorotarybrasil.org.br. Em outubro passará para R$ 450,00 e R$ 225,00 respectivamente com a possibilidade de parcelamento em até 6 vezes sem juros no cartão. A Comissão Organizadora do Instituto Rotary do Brasil está empenhada, desde já, para oferecer as melhores condições aos participantes. Acessem nosso canais de comunicações e acompanhe as novidades. De 30 de agosto a 1 de setembro de 2018.Participe do 41º Instituto Rotary do Brasil em Fortaleza.A diferença será você!

Postado em 08 de Setembro de 2017 por

Servir sem medir distâncias - Motociclistas rotarianos da América do Sul encontram-se para momentos de amizade e responsabilidade social

Marília – SP - 25/08/2017. Mais de 100 motociclistas e suas “garupas” realizaram a 12ª Edição do Intercâmbio Rotário da Amizade promovido pelo IFMR-SA – International Fellowship of Motorcycling Rotarians – South America chapter. A cidade do interior paulista reuniu rotarianos de 25 distritos brasileiros e do país vizinho Uruguai, que durante três dias participaram de uma animada programação social. Além de visitas a entidades apoiadas pelo Rotary Club de Marília de Dirceu, os motociclistas realizaram um passeio pelas principais ruas do centro da cidade liderados pelo rotariano Luís Cláudio Aguilar, associado do Rotary Club de Marília de Dirceu, promovendo o Encontro e a imagem pública do Rotary International. A arrecadação obtida com as inscrições para o evento foram destinadas para a Mitra Diocesana Comunidade Rosa Mística, R$ 2.400,00 , para o CACAM – Centro de Apoio a Criança e Adolescente de Marília, R$ 3.390,00 e para a The Rotary Foundation do Rotary International, US$ 1,000.00 , através de depósito no Fundo Anual do Distrito 4510. Para o Presidente do IFMR-SA rotariano Neri Wagner (Rotary Club de Marechal Cândido Rondon, Distrito 4640), “O IFMR-SA mostra para toda a comunidade rotária mundial como o companheirismo entre rotarianos é praticado na sua forma mais pura e original, fazendo o bem para a comunidade por onde os motociclistas passam, reforçando laços de amizade e divulgando nossa organização. Nada pode ser melhor do que isso!” Durante o evento foi definido o calendário para de encontros nacionais e internacionais promovidos pelo IFMR-SA para os próximos cinco anos. O próximo grande evento do grupo de companheirismo será no mês de fevereiro de 2018 na cidade gaúcha de Dois Irmãos (Distrito 4670) com a realização da 4ª edição do IFMR No Sul (#ifmrnosul). O IFMR-SA - International Fellowship of Mortorcycling Rotarians – South America Chapter é um dos Programas Estruturados do Rotary International. Trata-se do maior grupo de companheirismo por afinidade da organização. Seu capítulo América do Sul é o maior de todos os mais de 60 grupos existentes e possui 950 associados em 17 estados brasileiros e 5 países. Saiba mais sobre o IFMR-SA em www.ifmr-sa.org e www.facebook.com/ifmrsa Contato:Marcos NettoCoord. de Imagem Pública – IFMR-SAE-mail: marcos@itati.com.brwww.facebook.com/1marcosnetto

Postado em 03 de Setembro de 2017 por

Localizar site dos clubes